Conjugando o verbo mulher...

Conjugando o verbo mulher...

Publicado em 21/03/2018

Compartilhe

Quem somos? Verbo feminino. Verbo Mulher! Verbo – Ação, sabedoria, expressão de pensamentos e sentimentos. Complexidade no raciocínio, naturalidade na formulação. Mulher – Gênero feminino da espécie humana, matriz essencial. Verbo terminado em “er”, de segunda conjugação, flexionável em todos os tempos, sem perder a forma original. Verbo Mulher – Atributo, qualidade, característica: conhecimento, sapiência, habilidade mental e capacidade de expressão para reunir, agrupar, compartilhar, sem deixar de ser única e dar valor ao individual.

... Deus fez a mulher porque sabia que não seria bom para o homem que ele fosse só... “E disse o Senhor Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma ajudadora idônea para ele” (Gênesis 2.18). A mulher tem essa tarefa importantíssima! Auxiliar! E quantas mulheres diversas nosso Deus nos deu! As que pertenciam ao mundo pecador e Jesus resgatou, as que nasceram no caminho do evangelho. Imagem e semelhança mais sensível de Deus, aquela capaz de convergir emoção e razão. Esposa, mãe, líder, serva!

Deus criou as preocupadas, as sossegadas, as agitadas, as compromissadas... Todas bonitas de dentro para fora! O fato de sermos cristãs (verdadeiramente) nos torna lindas. “Enganosa é a beleza e vã a formosura, mas a mulher que teme ao Senhor, essa sim será louvada” (Provérbios 31.30). As Escrituras Sagradas externam o valor da mulher que teme a Deus; ser mulher e membro do corpo do Senhor vai além da vaidade ou títulos... é mansidão, beleza interior, sabedoria, bom senso, ser reflexo de Deus.

Talvez você leitora não seja mãe, nem esposa, não tenha ainda encontrado seu lugar como membro do corpo do Senhor, ou possua uma definição de ser mulher que aqui não foi “conjugada”... Cada ser humano é singular, então não vai existir uma definição única de ser mulher, de se sentir mulher, porque Deus nos fez únicas, não há versão igual!

O Dia Internacional da Mulher se aproxima, e o convite à reflexão sobre o percurso da mulher evangélica em nossa ICPI fica aqui apresentado.

...Existem as mulheres revolucionárias, aquelas que veem, nos obstáculos encontrados pelo caminho, uma oportunidade de crescimento espiritual. Seja amor, seja renúncia, seja exemplo. Brilhe mulher, Deus fez você pra ser protagonista também!!


Mayra B.A do Nascimento ICPI Delmiro Gouveia 

Psicóloga CRP15/3807